sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Profecia, A saga de Mordecay (Ficção) Cap. 3 parte 3


Olá amigos do RPG Cristão, sejam bem-vindos para mais uma parte da saga do Capitão Miguel Mordecay. 
Neste capítulo o "Capitão" e mais algumas pessoas partem para um inoscente passeio num Resort às margens da Baia da Guanabara, mas não imaginam que os próximos acontecimentos modificarão para sempre suas vidas.
Se você ainda não está acompanhando leia os capítulos anteriores clicando nos links abaixo.
Capítulo 1 parte 1       Capítulo 1 parte 2       Capítulo 1 Final
Capítulo 2 parte 1       Capítulo 2 parte 2       Capítulo 2 Final
Capítulo 3 parte 1       Capítulo 3 parte 2




Vi quando Isaias descarregou do furgão dois grandes cases de alumínio, colocou-os num canto do hangar, onde não atrapalharia ninguém, mas ao mesmo tempo tivesse boa visibilidade do terreno onde seria feito o passeio. Ao abrir o primeiro case, este se transformou numa espécie de centro de controle com vários botões, dois joysticks e algumas telas. Logo deduzi o que estaria no outro case, era uma FlyCam, um aparelho semelhante a um pequeno helicóptero futurista, não tripulado que opera através de uma central de rádio controle, é muito utilizado em eventos esportivos, principalmente esportes a motor, por poder acompanhar do alto todos os acontecimentos.
Dito e feito, o segundo case foi aberto, Isaias encaixou algumas peças aqui e ali, tirou o parelho de aproximadamente 60 cm de dentro do case, ligou um pequeno botão e voltou à mesa de comando. As hélices começaram a girar produzindo um pequeno zumbido muito característico deste tipo de equipamento e o aparelho de cerca de 1,5kg começou a subir. Na parte de baixo do aparelho eram visíveis três câmeras de vídeo fixas e uma que podia ser girada em todas as direções, além de dispositivos infravermelhos e dois pequenos faroletes. O jovem piloto fez algumas manobras para testar o equipamento e o fez pousar novamente ao lado da mesa de comando.
Havia um clima de expectativa no ar, agora todos, principalmente eu, aguardavam o momento em que os motores seriam ligados. Às 15:00 horas pontualmente, um carro elétrico entrou no hangar trazendo Henrique. Após uma entrevista de 15 minutos falando sobre todo o empreendimento e as expectativas sobre o novo modelo de ADT, Henrique se dirigiu ao seu lugar no aero deslizador à direita do assento do piloto, e ainda em pé fez um breve discurso:
- Senhoras e senhores, sejam bem vindos ao SG-X Special, a última palavra em Aero deslizador, eu sou Henrique Alamo seu anfitrião e este ao meu lado, para quem não conhece, é o nosso piloto, Miguel “Capitão” Mordecay, ex-comandante de hovercraft da Marinha brasileira e tri campeão da Copa Slide. Espero que este passeio corresponda às suas expectativas. Por favor apertem os cintos, relaxem, se conseguirem, e divirtam-se.
Pluguei o Key drive (dispositivo parecido com um pen drive, mas que é utilizado como chave em veículos e armazena dados sobre o veículo e seu piloto) na entrada USB do painel, e indiquei o botão de partida para que Henrique tivesse a honra de acionar pela primeira vez o veículo. Logo que o empresário pressionou o botão, os motores de sustentação começaram a funcionar com um leve zumbido, a saia flexível se encheu de ar e a embarcação de 10 metros de comprimento e 2 toneladas começou a flutuar a alguns centímetros do chão levantando uma fina camada de poeira.
Senti o coração disparar, havia algum tempo que não pilotava um ADT deste tamanho, posicionei mãos e pés nos comandos, testei os lemes direcionais, empurrei levemente as manoplas dos propulsores e segundos após virei os lemes, fazendo com que o veículo deslizasse suavemente para frente e depois de lado por alguns metros. Dei uma rápida olhadela para os passageiros e depois para Henrique ao meu lado, a atmosfera dentro do SG-X era de euforia misturada com medo e expectativa. Acelerei mais um pouco, agora já estávamos praticamente fora do hangar, olhei ao redor do veículo para certificar-me de que não havia nenhum obstáculo ou outros veículos que pudessem causar um acidente, sorri, e anunciei em alto e bom som:
- SENHORAS E SENHORES! ... É HORA DO “SHOW”!!! – e acelerei bruscamente.
Continua...



Licença Creative Commons
A obra A Semana Final de Alexandre Lissoni foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.
Podem estar disponíveis permissões adicionais ao âmbito desta licença em www.rpgcristao.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, mas mantenha o respeito. A partir de 12/03/14 só serão aceitos comentários identificados, assuma seu ponto de vista, identifique-se. Comentários com palavrões e ofensas serão excluídos, todos os demais (mesmo que discorde do ponto de vista apresentado) serão publicados e na medida do possível respondidos.