quarta-feira, 29 de junho de 2011

Jesus: Pedra Angular: Não se exponham ao pecado!

Amigos do RPG Cristão, não costumo fazer isso, mas como o assunto confirma tudo que tenho dito aqui no RPG Cristão, vou postar aqui um texto que minha irmã (de verdade) postou no blog dela (http://jesus-pedraangular.blogspot.com/).

Queridos, algo que muito me preocupa tem sido a relação dos cristãos com a mídia. Satanás tem enganado muitas pessoas que dizem seguir a Jesus, enchendo suas cabeças com o lixo do inferno através do que chamamos de diversão. Não estou defendendo que o cristão deva abolir as TVs, computadores e revistas de suas casas, mas sim que tenham sabedoria no uso dos mesmos.Lembremos o que a Bíblia relata em II Coríntios 11:14: "(...) o próprio satanás se transfigura em anjo de luz". Ele é astuto e quer nos enganar. Quantas vezes nos sentamos em frente à televisão ou vamos ao cinema assistir a um filme e saímos desapontados com a carga espiritual negativa e distorções de valores que este apresenta. Isso tem acontecido com você?
A cada dia o Espírito Santo tem me incomodado a respeito de certos, filmes, programas televisivos, jogos e conteúdos de revistas e internet. O que fazer nessa situação? Simples: devemos optar por não nos expor ao conteúdo pecaminoso que fere a santidade de Deus. O apóstolo Paulo já nos ensina em I Coríntios 10:23 "Todas as coisas me são lícítas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam". Queremos nos expor a coisas que não edificam?
Paulo ainda cita o mesmo princípio em I Coríntios 6:12 "Todas as coisas me são lícítas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma". Quantas vezes nos deixamos dominar por coisas que não nos fazem bem. Nesse assunto específico, alguma vez, ao assistir algum programa de televisão, o Espírito Santo te alertou para parar e você deu continuidade? Afinal, temos curiosidade para saber como vai terminar, não é mesmo? Pergunto: valeu a pena?
Quando vemos alguma programação cujo conteúdo mostra atitudes que ferem a santidade de Deus, o Espírito Santo nos incomoda, mas muitas vezes nos escondemos por trás do "nada a ver", "é só um filme", "é só um jogo", "eu não estou realmente fazendo isso".
Saiba que nossas escolhas erradas também pesam. Romanos 1:32 declara que são dignos de morte não apenas os que praticam a iniquidade, mas os que consentem com os que a praticam. Reflita um pouco: se você está assistindo a um conteúdo em que impera a imoralidade sexual, a avareza, a feitiçaria e tantas outras práticas condenadas na Bíblia, você não está consentindo?
Está na hora de darmos mais ouvidos à voz do Espírito Santo e pararmos de expor nossos olhos, mentes e corações a determinados conteúdos. 
Vamos ficar com poucas opções. Mas antes assim do que irmos nos "divertindo" no engano de satanás e caminharmos direto ao inferno, pois essas coisas visam moldar nosso pensamento.
Apenas para enfatizar, não estou me referindo aqui a filmes "proibidos" como os pornográficos, por exemplo. Esses, todos já sabem que não prestam (embora muitos ainda caiam nesse laço). Me refiro aos filmes normais que passam na TV e no cinema, às novelas, aos programas humorísticos e tantos outros. Devemos analisar o conteúdo e pensar se vale a pena nos expor àquelas informações. Pense nisso e não exite em mudar de canal, parar o filme, tirar o jogo ou até sair do cinema quando o Espírito Santo te alertar. Creia. Vale muito mais a pena. Se quiser ler o texto no blog de origem clique no link abaixo: 

2 comentários:

  1. Olá Alê,

    Bem interessante seu Blog, vim aqui quando comentastes no meu blog.

    Já li vários posts do blog e achei bem escrito e bem fundamentado, apesar de não concordar completamente (e nem discordar, na verdade não tenho uma opinião completamente formada).

    Aprovo a sua iniciativa, em mostrar que o RPG em si não é o problema.

    Eu mesmo não gosto de interpretar personagens malignos, no máximo neutro, e também tento amenizar em suas atitudes (atitudes dos personagens, principalmente no tocante a matar, mesmo que seja um monstro).

    Também concordo que a maioria dos RPGs são bem carregados nas imagens, o que ajuda a espalhar má fama. Se pegar o AD&D e o D&D3E em diante dá pra ver como a WoTC deixou os livros com um visual mais dark (Talvez um pouco de influencia do WoD).

    E mesmos aqueles que possuem temática mais sombria, deviam frisar bastante que é apenas um jogo e, como exemplo de vampiro, que a forma mais adequada de se jogar seria a busca pela humanidade. Aceitar e incentivar a criação de personagens jogadores voltados totalmente para o mão é uma brecha para antipatia de todas as crenças e religiões (não só o cristianismo), e pode ser considerado até crime (apologia a assassinato...)

    E agora que acabei gostaria de dizer qual minha orientação religiosa: Não sei exatamente. Acredito em Deus, na universalidade dos dez mandamentos, acredito também em Jesus, mas tenho uma certa dificuldade em aceitar tudo que é dito na Bíblia de forma pura e seca, e muito menos em algumas interpretações. Foi um livro muito mexido, editado, reeditado, interpretado e reinterpretado ao longo dos milênios. Gostaria de me dedicar mais ao estudo das religiões no geral, mas geralmente como o tema é abordado (forma que a bíblia -e outros livros- é escrita, a quantidade de intolerância que é pregada pela maioria das religiões, e sermões que parecem decorados e de forma a forçar a crença pela repetição e não pela compreensão) para mim é de extrema dificuldade de absorção e compreensão, e acabo por desistir de compreender

    Boa sorte com o trabalho no blog e que consigamos criar um RPG, acima de tudo, mais humano (não no sentido de mundano é claro, mas de respeito, justiça e valores éticos e morais).

    ResponderExcluir
  2. @ Rsemente,
    Obrigado, também tenho acompanhado seu blog e está muito legal, principalmente o conto "Filhos de Gliese", estou ansioso pelo próximo capítulo.
    Com relação à fé, comecei a escrever este blog, pois gosto muito de RPG, mas em alguns momentos os valores em que acredito eram confrontados por alguns jogos de RPG. Isto não é questão de interpretação da Bíblia e nem de religião (até porque, religião não salva ninguém, é a fé em Cristo que salva)é questão de posicionamento pessoal, pois esta não fala em lugar nenhum sobre RPG, mas fala muito sobre os assuntos abordados em muitos RPGs.
    Quanto à Bíblia, não existem "interpretações e reinterpretações" todas as versões da bíblia existentes hoje (menos a "Tradução do Novo Mundo" que é de uma determinada Seita e tem alterações significativas no sentido de seu texto) são traduções dos textos originais em grego e hebraico, o que acontece é que com o passar dos tempos a linguagem vai se transformando e as traduções vão sendo revisadas para tornar a leitura mais compreensível às novas gerações. O problema é que algumas pessoas "interpretam" a Bíblia com base em suas experiências pessoais e acabam gerando distorções na Palavra de Deus. O correto é compreender a Bíblia e não interpretá-la. A Bíblia explica a própria Bíblia.
    Com relação à intolerância, o Cristão verdadeiro não é intolerante, nós amamos a todos independente da religião, e justamente por amarmos queremos dividir aquilo que achamos bom com todos. Também não concordo com pessoas que querem enfiar o evangelho goela abaixo através da força e do "terrorismo Cristão" (ou você aceita ou vai pro inferno). Não o meu Deus não é um Deus que castiga e pune, o meu Deus é um Deus de amor (João 3:16), e nós Cristãos temos que demonstrar este amor em nossas vidas, é assim que vamos ganhar pessoas para Jesus. Infelizmente, assim como no RPG, ou qualquer outro grupo de pessoas, no Cristianismo também existem pessoas com falta de sabedoria e preconceituosas.
    Se você acredita em Deus e em Jesus, precisa também (pela fé) acreditar em sua palavra que é a Bíblia. A propósito a definição bíblica de fé está em Hebreus 11:1 "Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem."
    Se quiser compreender a Bíblia, peça a Deus que lhe mostre o real sentido das palavras nela contidas e comece a leitura pelo Novo Testamento. É um erro querer entender a Bíblia começando a sua leitura pelo Genesis ou pelo Apocalipse.
    Que Deus o Abençoe

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, mas mantenha o respeito. A partir de 12/03/14 só serão aceitos comentários identificados, assuma seu ponto de vista, identifique-se. Comentários com palavrões e ofensas serão excluídos, todos os demais (mesmo que discorde do ponto de vista apresentado) serão publicados e na medida do possível respondidos.