sexta-feira, 27 de maio de 2011

A Tomada de Jerusalém (Aventura Bíblica)

Olá amigos do RPG Cristão.

Prontos para mais uma aventura bíblica?

Desta vez a aventura está baseada no texto de 2° Samuel 5 dos versículos 6 ao 9, que relata a Estratégia do Rei Davi para conquistar Jerusalém.
E partiu o rei com os seus homens a Jerusalém, contra os jebuseus que habitavam naquela terra; e falaram a Davi, dizendo: Não entrarás aqui, pois os cegos e os coxos te repelirão, querendo dizer: Não entrará Davi aqui.
Porém Davi tomou a fortaleza de Sião; esta é a cidade de Davi.
Porque Davi disse naquele dia: Qualquer que ferir aos jebuseus, suba ao canal e fira aos coxos e aos cegos, a quem a alma de Davi odeia. Por isso se diz: Nem cego nem coxo entrará nesta casa.
Assim habitou Davi na fortaleza, e a chamou a cidade de Davi; e Davi foi edificando em redor, desde Milo para dentro.


Início da Aventura:
Davi não escondia seus planos para tomar Jerusalém, rejeitou qualquer oferta dos Jebuseus, e suas tropas marchavam ostencivamente partindo de Hebrom rumo ao norte. O Rei Davi não queria tributo e nem honrarias, ele queria a cidade e estava disposto a tomá-la a qualquer custo. Mas isso não seria fácil. As muralhas da cidade já tinham mais de 500 anos, e desde que Josué tomara Canaã, Jerusalém havia resistido por 300 anos.
Temendo a batalha que se aproximava e conhecendo a fama de Davi, o rei dos Jebuseus enviou um mensageiro a Davi assim que suas tropas apontaram nas colinas ao sul de Jerusalém.
O mensageiro foi interceptado e levado à presença de Davi em campo aberto.
- Salve o bravo guerreiro. - Reverenciou o mensageiro, inclinando-se. 
- Acaso Jerusalém  tem palavras que Davi queira ouvir? - indagou Davi dirigindo-se ao mensageiro prostrado.
Então o mensageiro se levanta, enche o peito e declara:
- Assim diz o rei, meu senhor: Não percais tempo em atacar nossa cidade. Inútil vos será tal esforço, pois mesmo os cegos e coxos poderiam repelir-te para longe. - o arauto jebuseu sorri desafiadoramente após transmitir a mensagem. e acrescenta - Há alguma resposta vossa que eu deva levar ao rei, meu senhor?
Davi lhe retribui o sorriso irônico, com um sinal chama Joabe seu comandante e lhe fala em alta voz.
- Diga às tropas que aquele que primeiro chegar ao canal subterrâneo e entrando por ele ferir os jebuseus coxos e cegos, este será meu chefe e comandante. 
Joabe repete a ordem a seu imediato que começa a espalhá-la às tropas. 
- Não deixe seu rei esperando. - diz Davi ao arauto que sai aos tropeções correndo para avisar o rei de Jerusalém do ataque iminente.
Aqui começa a ação, os jogadores fazem parte do grupo que parte com o General Joabe.
Sua missão é invadir Jerusalém pelo canal subterrâneo e garantir que ele consiga chegar ao portão principal da cidade e abrí-lo.
A trombeta soou convocando todos ao ataque, o general Joabe vociferou:
- AO ATAQUE. - e partiu em galope. Antes que ele se distancie mais que alguns metros vocês já estão em seu encalço.
Vocês foram os primeiros a chegar à entrada do túnel ao qual Davi se referira. (o general, os personagens e mais alguns NPCs ou PDMs totalizando no máximo 11 guerreiros)

O túnel escondido atrás de uma rocha na encosta, fora escavado para que a população pudesse buscar água em caso de um cerco à cidade. 
Assim que os jogadores chegam à entrada do túnel encontram um grupo de soldados jebuseus à sua espera armados com espadas e lanças (número de soldados = número de personagens + 1).
O túnel é estreito e baixo no começo mas termina em um amplo salão de pedra com um ribeiro subterrâneo. Neste salão há mais alguns guerreiros armados com espadas e escudos (número de soldados = número de personagens + 4) 
Depois o túnel se estreita novamente e sobe de forma acentuada até desembocar em um poço do lado de dentro das muralhas. Aqui a maioria dos soldados está sobre a muralha armados com arcos apenas um guarda está posicionado de costas para o poço, se ele avistar os PJs vai  gritar e chamar a atenção dos soldados que estão nas muralhas causando uma chuva de flechas sobre os personagens. 
Saindo do poço à esquerda há uma entrada que dá acesso à parte de cima das muralhas onde estão os arqueiros e à frente do poço pode-se avistar o portão da cidade distante cerca de 200 metros. Ao lado do portão há outra escada que dá acesso às muralhas. Somente 2 guardas protegem o portão por dentro.
Se os jogadores conseguirem abrir o portão, o exército de Davi entrará e dominará Jerusalém.     
Espero que gostem.
Que Deus abençoe a todos.

3 comentários:

  1. por que davi disse matem primeiro os cochos e os cégos isso nao esta se referindo a chacóta dos jebuseus davi mandou matar mesmo

    ResponderExcluir
  2. o rei davi na verdade ele mandou que matassem os cochos e cegos primeiro essa é a verdade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Davi mandou literalmente que os cochos e os cegos fossem mortos primeiro em resposta à chacota dos Jebuseus, mas o objetivo principal continuava sendo a tomada da cidade.

      Excluir

Deixe seu comentário, mas mantenha o respeito. A partir de 12/03/14 só serão aceitos comentários identificados, assuma seu ponto de vista, identifique-se. Comentários com palavrões e ofensas serão excluídos, todos os demais (mesmo que discorde do ponto de vista apresentado) serão publicados e na medida do possível respondidos.